Empreendedorismo verde: por que você deve adotar esta tendência na sua empresa?

Mão escrevendo, formando ideia de sustentabilidade

Se o termo empreendedorismo verde não é tão familiar para você, com certeza uma palavra específica relacionada a ele deve ser: sustentabilidade. Em um mundo cada vez mais dinâmico e com novas tecnologias, adotar esse conceito no dia a dia é fundamental.

Nesse sentido, o empreendedorismo verde se caracteriza por sua proposta de equilíbrio entre o crescimento de indústrias e empresas diversas e a sustentabilidade. Para tanto, esse modelo de negócios adota uma série de técnicas e métodos com foco na preservação ambiental.

Assim sendo, vamos falar mais sobre esse conceito a seguir. Entenda a importância desse modelo administrativo e os impactos positivos que ele pode trazer. E isso não só para a sua empresa, como também para o mundo de forma geral.

Principais considerações sobre o empreendedorismo verde

Em primeiro lugar, é importante destacar que essa forma de empreender está ligada a chamada Economia Verde. Este é um conceito criado em 2008 pelo Programa das Nações Unidas Para o Meio Ambiente (PNUMA). E ele estabelece entre suas principais características:

  • Práticas sustentáveis de produção industrial para preservação na natureza;
  • Uso de técnicas e métodos que restrinjam as emissões de carbono na atmosfera;
  • Foco em inclusão social dentro de todos os setores de determinada empresa;
  • Consumo consciente e otimização no uso de recursos naturais disponíveis;
  • Reciclagem e reutilização de bens na medida do possível dentro da empresa;
  • E ainda, uso e geração de energia limpa para a execução de suas atividades.

A partir desses pilares, o empreendedorismo verde se destaca por apontar caminhos dinâmicos para a produção socioambiental. Ou seja, seu principal objetivo é promover o bem-estar global para as pessoas e o meio-ambiente. Tudo isso por meio da sustentabilidade.

Com foco na sociedade de forma geral, esse modelo de negócios tem foco em fatores ecológicos, econômicos, culturais e sociais. Por esse motivo, pode ser adotado em empresas de todos os segmentos e portes. A ideia é contribuir positivamente para a comunidade de forma geral.

Fatores que comprovam a importância desse modelo

Com as informações acima, você pode ter uma boa noção do porque o empreendedorismo verde é tão importante. Mas ao nos atermos mais profundamente nesse questão, percebemos que ela vai muito além do social e do ambiental.

O que acontece é que vivemos em uma era de constantes mudanças. Há cada dia surgem novas tecnologias e a velocidade de informações é cada vez maior. Mas ao mesmo tempo, isso também traz algumas consequências negativas para o planeta e a população, como por exemplo:

  • Mudança nos hábitos de consumo da população, com impacto direto na diminuição dos recursos naturais do planeta;
  • Aumento da produção de materiais poluentes e não degradáveis, que afetam de forma negativa o mundo todo;
  • Mudanças climáticas perigosas, como aumento da temperatura global e maior nível de dióxido de carbono emitido na atmosfera. Além disso, há ainda a diminuição das calotas polares e aumento do nível do mar.

Tendo em vista esses aspectos, podemos dizer que o empreendedorismo verde é uma ação de preservação global. Afinal de contas, ele foca na construção de um mundo melhor e sustentável para as gerações futuras. Trata-se de uma questão de responsabilidade social.

Dessa forma, empreender de maneira sustentável traz uma série de benefícios para você e a sua empresa. E exemplos de grandes marcas que tem adotado esse modelo produtivo não faltam.

Exemplos de sucesso na adoção do empreendedorismo verde

Grandes empresas do Brasil e do mundo tem adotado esse modelo de negócios com sucesso. Nesse sentido, veja abaixo algumas das que mais se destacam.

Ben & Jerry’s

Esta é uma das maiores empresas de sorvete do mundo. E entre suas principais medidas de sustentabilidade se destaca o esforço progressivo para acabar com as embalagens de plástico até 2025. Além disso, a companhia também advoga a favor justiça racial e direitos LGBTQIA+.

Banco do Brasil

No top 10 das 100 empresas mais sustentáveis do mundo, a instituição se destaca com o uso da energia solar. Ela é a primeira a ter todas as suas unidades abastecidas dessa forma. Outro ponto de destaque nesse sentido é seu compromisso social e uso responsável de recursos.

Unilever

Com foco em itens de higiene e saúde, a empresa tem adotado várias medidas para diminuir a redução de gases-estufa. Para isso, seu objetivo é adequar esforços para aproveitar melhor o uso da água. Ele também envolve o descarte correto de resíduos e agricultura sustentável.

Klabin

Esta é a maior produtora e exportadora de plásticos do Brasil. E um de seus maiores destaques é um programa ambiental com foco em ações de reflorestamento e controle de emissões de gás carbônico. Além disso, a Klabin tem um forte senso de responsabilidade e igualdade social.

Natura

Sendo outra empresa 100% nacional, a Natura também adota o empreendedorismo verde. Ela trabalha com o uso de energias limpas, reciclagem e reutilização de recursos. Além disso, seu foco envolve a criação de cosméticos sem nenhuma prática de testes em animais.

L’óreal

Por fim, temos mais empresa que foca na produção de produtos de higiene e beleza. Como medida de sustentabilidade, ela utiliza 98% óleo vegetal originada em áreas sem risco de desmatamento. Esta é a principal matéria-prima da empresa.

Como adotar o empreendedorismo verde em sua empresa

Quando se trata de empreendedorismo verde, pequenas ações podem fazer uma diferença significativa. Assim sendo, você pode adotar esse modelo de negócios em sua empresa a partir de alguns cuidados básicos. Entre eles se destacam, por exemplo:

  • Implementação do ISO 14001. Este é um selo que certifica sua empresa como um local sustentável. Para tanto, ele avalia que práticas você está tomando para diminuir os impactos ambientais negativos e que ações sociais adota;
  • Reciclagem é lei. É muito importante que você diminua o máximo o uso do papel de do plástico em sua empresa. Se precisar desse tipo de matéria-prima, invista em métodos de reciclagem para resultados sustentáveis;
  • Investir na economia de água e na energia limpa. Há várias formas de fazer isso, como a adoção de energia solar e o reaproveitamento da água. Informe-se das medidas mais importantes que pode adotar nesse sentido;
  • Promoção da consciência coletiva. De nada adianta ter uma série de práticas focadas no empreendedorismo verde se os seus funcionários não compartilham dessa filosofia. Por isso, destaque a importância dessa atitude para eles.

Considerações finais sobre o empreendedorismo verde

Como você pôde perceber, esse modelo administrativo vai além de uma simples questão de modismo. O foco na sustentabilidade é de extrema importância para desenvolver uma cultura empresarial saudável e com foco no futuro.

Por meio do empreendedorismo verde você pode obter resultados significativos de bem-estar social. E não é só isso, sua empresa também ganha em termos de produtividade e economia. Afinal de contas, o uso inteligente de recursos ajuda no melhor desempenho de seu trabalho.

Tenha em mente que empresas sustentáveis, com foco na preservação ambiental e bem-estar social tem destaque. Tanto clientes quanto parceiros comerciais tendem a priorizar esse tipo de relação. Por isso, é fundamental considerar essa possibilidade para seu empreendimento.

Assim sendo, leve em consideração as informações desse artigo e procure colocar em prática medidas sustentáveis para sua empresa. Com certeza os resultados serão muito positivos, tanto dentro quanto fora de seu negócio. A natureza e o meio-ambiente também agradecerão.

2 thoughts on “Empreendedorismo verde: por que você deve adotar esta tendência na sua empresa?

Comments are closed.

Posts Relacionados Populares

Temos outros excelentes artigos pra você aproveitar, conhecer e aprender um pouco mais sobre o mundo do empreendedorismo, veja abaixo: